Veja traz matéria em que Gleisi teria recebido R$ 23 milhões de propina. Interessante!

Estrela, guerrilheira e presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann é destaque na edição desta semana da revista “Veja”, segundo a qual ela teria recebido R$ 23 milhões de propina – 7 milhões do Ministério do Planejamento, quando seu marido (Paulo Bernardo) estava lá, 5 milhões da Odebrecht e 10 milhões da JBS.

Temer apostou alto na Previdência e, de repente, aparece com a intervenção

O presidente Michel Temer está no comando de um desgoverno, produzindo a maior insegurança no País. Primeiro, jogou todas as fichas que tinha nas mãos para salvar o seu próprio pescoço nas duas denúncias de prática de corrupção. Depois, ficou praticamente seis meses hipotecando o governo para a Reforma da Previdência. Foi um tempo precioso, com a escalação de políticos importantes Continuar a ler Temer apostou alto na Previdência e, de repente, aparece com a intervenção

No Paraná, há uma chapa pronta para vencer: Ratinho, Beto e Ricardo. Com Cida, no governo

Nossas lideranças políticas se mostram distantes de contemplar o horizonte, preferindo se manter no entretenimento do dia-a-dia e de olhar o nascer e do por-do-sol. Em resumo, pensar na próxima eleição, ainda que com um desapreço por uma composição de um grupo consistente e consequente. No Paraná, o último grupo político foi do grande e saudoso ex-governador Ney Braga. Continuar a ler No Paraná, há uma chapa pronta para vencer: Ratinho, Beto e Ricardo. Com Cida, no governo

Intervenção na Segurança é pouco. O certo seria intervenção no governo do Rio

O Estado do Rio de Janeiro se tornou ingovernável, porque o problema da Segurança Pública não está, apenas, nas favelas dos morros, mas, sim, no próprio Palácio Guanabara, pela roubalheira que se instalou no governo, que levou à falecia do Estado, que não tem dinheiro para honrar a folha de pagamento dos servidores, para a manutenção dos próprios do Estado, para a Saúde e, aí, Continuar a ler Intervenção na Segurança é pouco. O certo seria intervenção no governo do Rio

De independente para governista de obras anunciadas, Pauliki mudou muito

O deputado Márcio Pauliki, que pertence ao PDT do ex-senador Osmar Dias, no início de seu mandato se proclamou “independente”. Está cumprindo o seu primeiro mandato e muito tem se empenhado para se aproximar do governo, através do deputado Plauto Miró Guimarães Filho, do DEM, estabelecendo, com Plauto, inclusive, uma estranha parceria. Continuar a ler De independente para governista de obras anunciadas, Pauliki mudou muito

Plauto nunca teve dobrada fechada, com federal; Péricles deve fechar com Aliel

Dobradinha tradicional em Ponta Grossa só houve, mesmo, na década de setenta, entre os saudosos médico e deputado estadual David Federmann e empresário e deputado federal João Vargas de Oliveira. Os dois compunham um grupo político, do qual fazia parte também o saudoso ex-prefeito Plauto Miró Guimarães. Ainda que fosse um grupo forte, pelas lideranças que o compunham Continuar a ler Plauto nunca teve dobrada fechada, com federal; Péricles deve fechar com Aliel

Plauto nunca teve dobrada fechada, com federal; Péricles deve fechar com Aliel

Dobradinha tradicional em Ponta Grossa só houve, mesmo, na década de setenta, entre os saudosos médico e deputado estadual David Federmann e empresário e deputado federal João Vargas de Oliveira. Os dois compunham um grupo político, do qual fazia parte também o saudoso ex-prefeito Plauto Miró Guimarães. Ainda que fosse um grupo forte, pelas lideranças que o compunham, Continuar a ler Plauto nunca teve dobrada fechada, com federal; Péricles deve fechar com Aliel

O novo tema em debate, agora, é o pagamento de vantagens imorais

Aquela velha história de o cachimbo deixar a boca torta parece se aplicar bem à realidade, só agora descoberta pela sociedade, das vantagens e privilégios criados no âmbito dos três Poderes da República para beneficiar tanto titulares, quanto servidores. Uma espécie de cumplicidade. E essas vantagens e privilégios ganharam força no debate em torno da Reforma da Previdência, Continuar a ler O novo tema em debate, agora, é o pagamento de vantagens imorais

Vale um olhar para o possível quadro de candidatos à Câmara dos Deputados

Considerando que o quadro de candidatos à Assembleia Legislativa seja o que mais vai apresentar nomes, como normalmente acontece, parece ser possível uma primeira consideração sobre a disputa de cadeiras na Câmara dos Deputados que também deva apresentar um número significativo de pretendentes, especialmente, por conta dos chamados partidos nanicos, que precisam, a todo o custo, fazer votos Continuar a ler Vale um olhar para o possível quadro de candidatos à Câmara dos Deputados

STF dá mostras de não querer se enredar nas falcatruas de Lula

O Supremo Tribunal Federal abriu, ontem, o ano de trabalho, em meio a um clima de visível constrangimento, pelas estocadas do ex-presidente Lula e de dirigentes do PT contra o Judiciário. Na sessão solene, da manhã, a presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, foi enfática no recado que mandou ao povo do PT: “Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito Continuar a ler STF dá mostras de não querer se enredar nas falcatruas de Lula