fbpx

Ibope confirma favoritismo de Ratinho sobre Cida, por 33 a 15

É verdade que a campanha praticamente começou, mas é verdade, também, que a campanha só tem mais quarenta dias. Significa que os números da pesquisa IRG/Bem Paraná, que deu 45% para Ratinho, 20,2% para Cida e 7,1% para Arruda, são confirmados, agora, na proporcionalidade, pela primeira pesquisa do Ibope, que confere 33% a Ratinho, 15% para Cida e 5% para Arruda. São números que indicam uma possibilidade de que a eleição, no Paraná, possa, de fato e de novo, ser decidida no primeiro turno, dado o favoritismo do candidato Ratinho Júnior. Se as pesquisas favorecem essa avaliação, em relação ao deputado Ratinho Júnior, de outro, confirmam o desempenho sofrível da governadora Cida Borghetti, e uma imprevisão quanto ao deputado João Arruda, com os seus 7,1 e 5, respectivamente, nas duas pesquisas. Números que indicam o bafejamento do tio, o senador Roberto Requião, que o lançou, de última hora, na corrida para o Palácio Iguaçu, diante da necessidade de possuir um palanque para alavancar sua campanha à reeleição ao Senado, diante da desistência do ex-senador Osmar Dias.

Aliás, a desistência de Osmar Dias não produziu nenhuma consequência nas pesquisas, não se sabendo para onde foi o seu eleitorado, pois, pelas pesquisas de antes dos prazos eleitorais, Osmar andava no retrovisor de Ratinho. Osmar saiu, Ratinho continua com números avantajados e seus concorrentes bem mais atrás. Ou os eleitores de Osmar estão escondidos, ou as pesquisas não foram muito fiéis nos números de antes. Osmar, que nunca teve uma afirmação como líder político, saiu e o quadro eleitoral dá mostras de não ter sofrido qualquer abalo. É como se a pré-candidatura de Osmar nunca tivesse existido.

Os apoiadores de Cida Borghetti e de João Arruda festejam os números dos dois nas pesquisas, enfatizando que Cida teve um grande salto e que Arruda, lançado de última hora, já apresenta um percentual razoável, o que indica que os dois têm muito a crescer. Se Cida e Arruda têm muito a crescer, há que ser verdade também que o deputado Ratinho Júnior tem, igualmente, um crescimento à vista, o que remete para a possibilidade real de a eleição ser decidida, sim, no primeiro turno.

E a perspectiva de crescimento de Ratinho é muito mais favorável do que a perspectiva para seus dois principais concorrentes, eis que a campanha de Ratinho já começa a exibir as primeiras cores da vitória, enquanto as campanhas de Cida e Arruda preservam a imagem de concorrentes distantes do primeiro colocado. E é bom lembrar que, no crescimento da campanha de Ratinho, haverá um esvaziamento da campanha de Cida, eis que a cerca que separa as campanhas de Cida e Ratinho já foi arrebentada, sendo claramente previsível que haverá uma corrida de deputados e candidatos do PSDB e do DEM, que estão na coligação de Cida, para a campanha de Ratinho. Ninguém gosta de perder eleição. Da mesma forma, deputado nenhum gosta de perder a reeleição. Esse temor é o grande atrativo para a campanha de Ratinho. O deputado Valdir Rossoni, do PSDB, já fez isso, nesta semana.

E, nesse quadro, é possível que um crescimento do deputado João Arruda se cruze com uma queda da campanha da governadora Cida Borghetti, sem qualquer previsão de que um dos dois possa, de alguma forma, ameaçar o favoritismo do candidato do PSD.

Além do mais, o deputado Ratinho Júnior é o único dos três concorrentes que se preparou para ser governador do Paraná, estudou, viajou, pesquisou e demonstra, assim, ser o que reúne as melhores condições de vitória do pleito deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *