fbpx

Com o apoio de Marcelo, Plauto e Sandro, campanha de Ratinho, aqui, será uma festa

A campanha do deputado Ratinho Júnior faz lembrar, de certa forma, a campanha do senador Álvaro Dias, em 86, para o governo do Estado, quando mais passeou do que fez campanha pelo Paraná, tal era o seu favoritismo, diante de seu principal concorrente, o então deputado federal Alencar Furtado.

Se Ratinho fará isso no Paraná, ainda é preciso esperar a evolução do processo, mas, aqui em Ponta Grossa e nos Campos Gerais, seguramente, Ratinho virá, apenas, para festejar o andamento de sua campanha, comandada pelos três mais representativos líderes políticos da cidade e da região, o prefeito Marcelo Rangel, do PSDB, o deputado estadual Plauto Miró Guimarães Filho, do DEM, e o deputado federal Sandro Alex, do PSD, partido de Ratinho. E três líderes acatados e festejados pelo eleitorado, por conta de um histórico avantajado de cada um.

A partir do peso político desse vistoso apoio, Ratinho Júnior tem também o apoio da maioria dos prefeitos da região e de expressivas lideranças do mundo empresarial, tanto urbano, quanto rural, com destaque, por exemplo, para os líderes das cooperativas agrícolas e do agronegócio, de um modo geral. E isso não é pouco, diante do papel de relevo que Ponta Grossa e os Campos Gerais representam hoje na economia do Paraná.

Vale destacar, em relação aos apoios citados, que o prefeito Marcelo Rangel cumpre o seu segundo mandato e tem, a seu favor, o apoio da população, por conta de um governo bem próximo do cidadão, com muitas e importantes realizações, seja no campo da industrialização, seja no campo da infra-estrutura urbana, com as ligações entre importantes bairros, seja nas áreas da Saúde e da Educação. Aliás, na Educação, Ponta Grossa haverá de aparecer no programa eleitoral do ex-governador Geraldo Alckmin, como referência de qualidade pela escola de tempo integral, na grande maioria das escolas municipais. Como Marcelo é do mesmo PSDB de Alckmin, o candidato tucano à Presidência da República quer mostrar esse grande feito de um prefeito tucano. Isso conta, e conta muito, para o prestígio do prefeito.

De sua parte, o deputado estadual Plauto Miró Guimarães, que está em seu sétimo mandato e a caminho da conquista do oitavo, tem uma larga folha de serviços prestados à Ponta Grossa e aos municípios dos Campos Gerais, merecendo registro a instalação do Curso de Medicina, na Universidade Estadual de Ponta Grossa, no segundo governo de Jaime Lerner, que, a propósito, a própria UEPG deveria saber reconhecer. Por oportuno, merece registro, também, o fato de que, criado e em funcionamento, em 2003, o governador Roberto Requião suspendeu o curso, num ato de humilhação sem precedente na história da cidade. É bom sempre lembrar disso.

E, aí, temos a figura do deputado federal Sandro Alex, em seu segundo mandato e a caminho de conquistar o terceiro, com uma atuação destacada em Brasília e em favor dos municípios, tanto dos Campos Gerais, quanto do Norte Pioneiro e do Centro-Sul do Paraná. É bom que se diga, também, que Sandro tem trabalho prestado para se constituir num dos grandes eleitos em outubro para a Câmara Federal, o que significa dizer, estar entre os deputados federais mais votados do Estado.

Em resumo, o deputado Ratinho Júnior, com tais apoios, vai cumprir, neste pedaço do Paraná, uma agenda de recreio, de visita agradável, de passeio mesmo. Não custa aguardar outubro, para essa conferência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *