Plauto deixa o DEM e cria um fato importante na campanha sucessória do Paraná

A notícia de que o deputado Plauto Miró Guimarães Filho está deixando o DEM e vai apoiar a candidatura do deputado Ratinho Júnior ao Palácio Iguaçu cria um fato importante neste início do processo da corrida para o Palácio Iguaçu. Ao mesmo tempo em que reforça a candidatura de Ratinho, cria um rombo na candidatura da vice-governadora Cida Borghetti.

Beto anuncia amanhã que vai deixar o governo e disputar uma vaga no Senado

O governador Beto Richa vai anunciar, nesta segunda-feira, que irá deixar o governo no próximo dia 7 e disputar uma vaga no Senado da República. Com isso, a vice-governadora Cida Alborghetti assumirá o Palácio Iguaçu e disputará a reeleição, com o apoio de Beto e da maioria dos partidos, que formam a base de apoio do governo na Assembleia.

O STF trocou o respeito que tinha do povo pelo apoio vergonhoso a um Lula condenado

Em sua sessão de ontem, quinta-feira, o STF, por uma maioria de sete ministros, se desmereceu aos olhos do povo brasileiro, ao privilegiar o ex-presidente Lula com duas decisões singulares: primeiro, pela aceitação do pedido de habeas corpus; depois, pela concessão de um salvo-conduto para não ser preso. Uma vergonha nacional.

Aplausos ao vereador George que quer cassar os títulos dados a Lula e a André Vargas

A pedido do cartorário Valter Sâmara, o então vereador Pascoal Adura, em 2001, teve aprovado um projeto para concessão do título de Cidadão Honorário de Ponta Grossa a Lula. Depois, o então vereador Júlior Kuller fez a mesma homenagem ao ex-deputado André Vargas. Lula está condenado e André Vargas está preso. George quer cassar esses dois títulos. Coberto de razão.

Aliel Machado, na mudança de partido: ou é muito inteligente, ou é muito ingênuo

O mês de março já começou, e a grande primeira mudança anunciada, com reflexos diretos no panorama da política pontagrossense, é a saída do deputado federal Aliel Machado da Rede Sustentabilidade para ingressar no PSB. Aliel, que faz a sua segunda mudança partidária em três anos, dá mostras de se deixar levar muito mais pelo ambiente de Brasília, do que pela realidade de suas bases partidárias. Continuar lendo Aliel Machado, na mudança de partido: ou é muito inteligente, ou é muito ingênuo