Dias Toffoli atrasa decisão do Supremo sobre decisão final do foro privilegiado

Mesmo com os votos de 8 dos 11 ministros do STF, a questão do foro privilegiado para deputados federais e senadores não ficou resolvida na votação desta quinta-feira. Tudo porque o ministro Dias Toffoli pediu vistas do processo. Sem prazo para devolver, é possível que esse assunto durma numa gaveta qualquer do gabinete do ministro Dias Tofolli, por semanas, meses e talvez anos.