Marcelo, entre ganhar e perder

O prefeito Marcelo Rangel estaria diante de um dilema político: ganhar o apoio de dois vereadores e perder um secretário, ou ficar com o secretário e deixar de ganhar o apoio de dois vereadores. E isso estaria se dando no âmbito da Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional. Acontece que os vereadores Paulo Cenoura e Professor Careca, que passaram para o Solidariedade, aceitam integrar a base de apoio ao governo na Câmara Municipal, desde que o prefeito crie a Secretaria da Qualificação Profissional e entregue o seu comando ao Solidariedade. A partir daí, estariam sob o comando do vereador George Luiz de Oliveira, líder do Governo na Câmara Municipal.Porém, o secretário Álvaro Scheffer não deseja abrir mão da parte da Qualificação Profissional, por entender que a política de geração de emprego tem tudo a ver com a parte da Indústria e Comércio de sua secretaria. E há quem diga que, se o prefeito levar adiante o projeto de barganha de apoio com os dois vereadores do Solidariedade, Álvaro voltaria para o Grupo Águia, de propriedade da família. em tempo integral. E, aí, o prejuízo para o governo seria grande, pelo fato de Álvaro ser uma das figuras de maior relevo de toda a equipe governamental. Aliás, o empresário Álvaro Scheffer é um nome de prestígio no Paraná, já tendo, inclusive, disputado a presidência da Federação das Indústrias do Paraná na reeleição do empresário Rodrigo da Rocha Loures.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *